Bagagem inteligente, um projeto da Samsonite em parceria com a Samsung

E aí SuperNautas, blz?!

Você já ouviu falar em bagagem inteligente? É isso mesmo, no Brasil seria extremamente útil uma bagagem que tivesse GPS e até mesmo nos informasse quando a “bendita” fosse aberta. Será que a aprovação aqui no BR não seria unânime?!

Bagagem0

A Samsung e Samsonite estão criando uma nova geração de “bagagem inteligente” (Smart Luggage) que transmite sua localização para smartphones. As malas irão usar GPS para rastrear sua localização, alertando os viajantes quando a sua bagagem fosse descarregada a partir de uma aeronave ou prestes a aparecer na esteira. Para os mais “aflitos”, as malas também pode enviar alertas quando estão sendo abertas ou quando o seu proprietário se move mais do que alguns metros de distância. Não há nenhuma previsão de quando essas malas inteligentes estarão a venda.

Vale ressaltar que essa ideia já foi utilizada por outras empresas. Em outubro do ano passado, o projeto semelhante chamado “Carry-on Luggage”, desenvolvido pela BlueSmart, levantou mais de US$ 2 milhões por meio do site colaborativo Indiegogo.

Bagagem4

Bagagem3

Bagagem2

“A Smart Luggage será capaz de se comunicar com você, mas ele precisa ser capaz de fazer muito mais do que apenas dar a sua localização”, disse Ramesh Tainwala, executivo da Samsonite, ao Mail. Tainwala acrescenta que Samsonite também está explorando o conceito de bagagem de auto-propulsão que segue seu dono, mas a tecnologia atualmente disponível é inviável porque o equipamento necessário para viabilizar o projeto com eficiência, pesa cerca de 20 kg, ocupando um terço do espaço de bagagem disponível. (Aqui, mais 4Kg já excederia o limite por passageiro…)

Segundo o executivo, uma proposta mais viável seria a criação de bolsas inteligentes que não precisam ser despachadas. Há a possibilidade de inserir chips dentro da bagagem, permitindo uma comunicam junto as companhias aéreas, informando-os sobre o seu peso e destino. Desta forma, as malas simples podem ser colocadas em uma esteira antes do passageiro embarcar, fazendo com que no desembarque elimine a necessidade de aguardar sua bagagem na esteira comum. “A Emirates e Lufthansa estão trabalhando nisso. Não há nenhuma razão para que a bagagem não possa se conectar com a companhia aérea. Se você pode se comunicar com sua mala, por que não fazer o mesmo com as companhias aéreas?” Conclui Tainwala.

Renato Ranzani

Designer • Sonhador • Pai • Baterista
Misture tudo isso aí para tentar identificar quem sou eu ;•)